O Escorpião na Biblia

o escorpião pertence à mesma classe das aranhas, e encontra-se nos países quentes. o seu tamanho varia muito, sendo de 15 cm na África, e de 7,5 cm mais ou menos nas vizinhas costas do Mediterrâneo. A principal característica do escorpião é o seu ferrão, que é um esporão em curva, com duas glândulas venenosas na base, e está na extremidade da cauda. Este animal esconde-se nos buracos e debaixo das pedras, saindo de noite em busca de presa - grandes insetos e crisálidas - que ele segura com a sua boca de pinça, ferindo-a logo, mortalmente, com um golpe da sua cauda, que faz passar pelas costas. os escorpiões são muito abundantes, em geral, nas proximidades do mar Morto e da península do Sinai, como acontecia nos dias do Êxodo, ‘naquele grande e terrível deserto de serpentes abrasadoras, de escorpiões, e de secura’ (Dt 8.15). Um desfiladeiro na fronteira meridional de Judá, mencionado no livro de Josué (15.3), tem o nome de Passagem do Escorpião. As únicas referências no A.T., além da referida, acham-se em Ez 2.6, uma metáfora do israel rebelde, e 1 Rs 12.11 - 2 Cr 10.14: ‘Eu, porém, vos castigarei com escorpiões’ é uma expressão figurada, embora possa ser o escorpião qualquer espécie de azorrague. No N.T. aparece o escorpião nas imagens do Apocalipse (9.3, 5, 10) e em dois ditos de Jesus (Lc 10.19 - 11.12) - na última destas passagens há, talvez, alusão à aparência de ovo que o escorpião tem quando enroscado.